Contato  |  Acesse outros estados:  São PauloBahia
Notícia
A Moderna Cirurgia de Catarata

Publicado em: 11/04/2017

Dr. Renato Barroca • Oftalmologista

Título de especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Especialização em segmento posterior realizado na Fundação Altino Ventura
Mestrado pela escola Paulista de Medicina - UNIFESP
Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Membro da Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo
Membro da ALACCSA-R, associação Latinoamericana de cirurgiões de catarata,
segmento anterior e refrativa.
Diretor da UNIVISION - Centro de Excelência em Oftalmologia

Catarata é a denominação dada a qualquer opacidade do cristalino, que é uma lente natural que nós temos dentro do olho. É a maior causa de cegueira tratável nos países em desenvolvimento e seu único tratamento é cirúrgico.

Atualmente, com os avanços das técnicas e dos aparelhos cirúrgicos, o procedimento vem se tornando cada vez mais seguro e preciso, e a recomendação é que a cirurgia seja indicada em fases mais iniciais da catarata, sem a necessidade que a diminuição da qualidade de vida, causada pela baixa da visão, seja prejudicada por um longo período.

A moderna cirurgia da catarata é realizada com a técnica da facoemulsificação, podendo ser assistida com a utilização de um LASER de femtossegundo. A facoemulsificação é a técnica através da qual, por uma microincisão, o cristalino opacificado é fragmentado e aspirado, e após esse procedimento é implantado uma lente intraocular artificial transparente. A cirurgia dura em torno de 20 a 30 minutos, e não é necessário internamento hospitalar.

Entre os principais avanços tecnológicos na cirurgia da catarata, está a evolução das lentes intraocular, que atualmente tem papel importantíssimo na satisfação dos pacientes após a cirurgia. A lente intraocular tinha a função inicial de substituir a nossa lente natural, que com a catarata, não estava mais totalmente transparente, mas atualmente também consegue corrigir praticamente todos os vícios de refração (grau dos óculos). Sendo assim, pessoas que sempre foram usuárias de óculos para corrigir miopia, astigmatismo e hipermetropia, e até mesmo aqueles que só começaram a usar óculos após os quarenta anos por presbiopia (conhecida popularmente como vista cansada), podem aposentar os óculos após a cirurgia para correção da catarata.

Rua Senador José Henrique, 224 - 9º andar - Edf. Alfred Nobel
Ilha do Leite - CEP: 50070-460 - Recife PE
Fones: 3125.2626 - 3032.2525
Email: atendimento@univision.med.br
www.univision.med.br

Desenvolvido por: EBGE - Editora Brasileira de Guias Especiais | (81) 3097.7060 | sac@ebge.com.br